Pular para o conteúdo

Como liderar uma equipe à distância com eficiência

6 de maio de 2020

Diante da recomendação para ficar em casa e evitar o contato social a fim de prevenir a propagação da Covid-19, empresas adotaram o home office. Contudo, esse modelo ainda é um desafio para muita gente, incluindo líderes. É papel deles dar a direção e mostrar se todos estão no caminho certo, alinhados com as expectativas da corporação. Como fazer isso remotamente?




Para Marcia Costa, consultora de RH autônoma em São José dos Campos (SP), uma boa opção é o diretor procurar treinamentos técnicos e comportamentais. “Desta forma, ele estará sempre atualizado para o mercado e para seus colaboradores”, recomenda.

Por causa do cenário, o momento é de adaptação. Na visão de Tathiane Deândhela, especialista em liderança, a gestão precisa garantir a produtividade do staff, mesmo da residência. “Se a pessoa trabalhou mais ou menos, não importa tanto, pois no final o desejado por todo chefe é a entrega de resultados”, comenta.

Veja os três conselhos da especialista, a qual já gerenciou uma equipe de 200 pessoas em sua carreira.

1 – Clareza da comunicação

Manter o diálogo é um ponto muito importante. Um aplicativo útil nesse sentido é o Trello. Todo o alinhamento fica organizado em um único lugar e evita a necessidade de cobrar pequenos passos. É possível ter uma visão geral dos projetos individualmente e de cada um da equipe. Todas as ações capazes de evitar o micro gerenciamento são relevantes.

2 – Ter uma rotina de reuniões periódicas

São interessantes para ajudar no foco e alinhamento de metas e expectativas de todo o time e dos supervisores. Podem ser feitas pelo Zoom, um aplicativo para videoconferências. Tenha pauta e não deixe se estender muito. 

“Por exemplo, toda segunda-feira fazemos uma reunião para discussão das MCD (Metas Crucialmente Definitivas) para o funcionário trazer os três objetivos importantes dele para os próximos dias e alinhamos. Também vemos a semana anterior e os resultados de cada um. Isso nos ajuda muito, pois todos ficam a par e se comprometem”, afirma Tathiane.

3 – Manter a motivação e o incentivo

Pelo menos 10 ou 15 minutinhos pela manhã, uma chamada virtual de alinhamento. O coordenador pode levar alguma história, metáfora, uma palavra de incentivo, uma boa notícia, um grito de guerra. Um começo positivo faz do dia mais produtivo.

Colaboradores: mudança cultural 

A implementação da nova forma de ofício deve ser uma mudança na política da gestão. Por isso, é necessário também haver treinamento adequado, não apenas dos serviços, mas sobre o comportamento das pessoas acerca da transformação. As medidas são primordiais para o sucesso das corporações e principalmente dos funcionários. 

Afinal, se o empregado for desordenado, haverá um pouco mais de dificuldade no início. Porém, qualquer um é capaz de ser desenvolvido e surpreender com resultados positivos ao desfrutar da modalidade. Inclusive, muitos apresentam entregas mais satisfatórias ao atuarem de casa.

Portanto, a dica para os colaboradores é gerir os períodos, bem como fragmentar o serviço em pequenas tarefas e estabelecer prazos para elas. Então, uma forma de aprender isso é por meio do curso gratuito “Como administrar seu tempo”. Além disso, é preciso manter a comunicação e histórico de conversa por meio de aplicativos, a fim de estar disponível para auxiliar o time.

Fique de olho aqui no blog, pois postamos novos conteúdos diariamente com diversas dicas. Nosso objetivo é auxiliar você e sua equipe a crescerem pessoal e profissionalmente. Conte com o Polo e boa sorte!

Fonte: Nube

[apss_share]

Comentários

Comentários